INSTITUCIONAL

SOBRE A FUNDAÇÃO EDUARDO CARLOS PEREIRA

Ao longo dos seus 57 anos de existência, a Fundação Eduardo Carlos Pereira tem sido um reflexo vivo dos ideais de seu patrono. Seu desejo era ver uma igreja brasileira, comprometida com o Evangelho, sustentando os próprios projetos e se desenvolvendo por meio de recursos próprios. Para ele, a Igreja Presbiteriana no Brasil deveria responsabilizar-se pela evangelização do país de forma autônoma. 

Eduardo Carlos Pereira nasceu em 1855. Em 1875, fez sua pública profissão de fé na Igreja Presbiteriana de São Paulo, perante o Rev. G. Chamberlain. Cinco anos depois, iniciou sua carreira ministerial na cidade de Campanha, estado de Minas Gerais. Em 1884, juntamente com Remígio Cerqueira Leite, fundou a Sociedade Brasileira de Tratados Evangélicos, visando a publicação de opúsculos para evangelização e disseminação do protestantismo no Brasil. A SBTE trazia consigo um embrião de tudo aquilo que Eduardo Carlos Pereira representaria para o presbiterianismo brasileiro. Algumas características dessa Sociedade eram: 

Recursos nacionais - Seria sustentada por recursos financeiros oriundos do Brasil; 

Cooperação interdenominacional - Teria espírito de cooperação com outras denominações brasileiras, evitando publicar textos sobre temas e assuntos de controvérsia entre elas; 

Autores brasileiros - Publicaria trabalhos escritos por autores nacionais; 

Temas relevantes - Preocupar-se-ia com temas de relevância na realidade nacional. 

O Rev. Eduardo Carlos Pereira nutria em seu coração um ideal de independência das missões estrangeiras e se destacava nas questões sociais de sua época. Neste sentido foi um dos mais importantes líderes do movimento protestante brasileiro de todos os tempos e uma grande inspiração às finalidades desta Fundação que, honrosamente, oferece à Igreja e à sociedade a perpetuação de seu rico legado. 

 
prédio_.jpg
 

GOVERNANÇA

A Fundação Eduardo Carlos Pereira é dirigida por um Conselho Curador, composto por sete membros, ao qual cabe a supervisão da educação teológica da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil e a prática de todos os atos de administração da FECP. 

Conforme previsto em seu Estatuto, a FECP conta com o assessoramento de um Conselho Fiscal, responsável por verificar o correto cumprimento das determinações legais e estatutárias no que diz respeito os atos de ordem orçamentária e financeira. 

A gestão e a execução das atividades relacionadas ao dia a dia da Fundação são de responsabilidade da Diretoria Executiva. 

CONSELHO CURADOR

Presidente: Rev. Assir Pereira 

Vice-Presidente: Rev. Clayton Leal da Silva 

Secretario: Presb. Omar Augusto Leite Melo 

Tesoureiro: Presb. Moisés José de Lima 

Conselheiro: Presb Wilson Matos da Silva 

Conselheiro: Rev. Jean Carlos da Silva 

Conselheiro: Rev Fernando Bortolleto Filho  

Diretor Executivo: Rev. Paulo Eduardo Cesquim 

CONSELHO FISCAL

Presba. Sônia Regina Machado dos Santos – Relatora 

Presb. Luiz Ribeiro da Silva 

Presb. Edmilson de Araújo Pires 

 

CONTATE-NOS

Fundação Eduardo Carlos Pereira

Rua Genebra, 180 - 6° andar | 01316-010 | São Paulo - SP | Tel: 11 3111-7318 fecp@fecp.org.br